2006/12/07

A neta do Pai Natal

Finalmente consegui achar piada a uma figura natalícia. Ainda andei, aqui na rede, à procura da foto que ornamenta as paragens do autocarro, mas não consegui encontrar. No site não está.

Mas conta-se em poucas palavras. É uma mocita pouco vestida de vermelho Natal, tem um baby-doll e uma bandolete a condizer. Está em cima de uma cama e olha para a câmara com uns olhos que não são bem de carneiro mal-morto, até porque ela parece vivinha da silva, será mais olhos de carneiro mal acarinhado, em súplica por aquilo que tenho em mente como uma óptima noite de Natal: em vez do empanturranço de bacalhau e bolo-rei, com um belo tinto calmante à mistura, que a paciência para a conversa mole do já estamos aqui de novo e a seguir é a Páscoa e depois as férias e nem damos conta e já estamos outra vez aos encontrões para comprar os estúpidos dos presentes sem sentido, a paciência, dizia, já se foi há muito, imagino eu naqueles devaneios galopantes desta mente inquieta que devia pensar na porcaria do caderno de encargos mas depois toda a gente se borrifa nele e faz que lhe dá na gana e nem quero saber se lhe dá noutro sítio qualquer, pois imagino que o pobre do velhinho já merece a reforma, com direito a casa de repouso numa praia quente, se é isso que o faz feliz que a mim nem por isso, e as prendas bem podiam ser entregues por aquela neta da foto, que é como quem diz, se o pai veste aquela fatiota, põe as barbas de algodão e a almofada nas costas e vai entregar os presentes, então a mãe sempre pode usar o novo uniforme oficial da época e entregar-se de presente.

Obviamente que a sugestão já foi feita, que este par de olhos é célere a encontrar palavras que demonstrem a razão do seu sorriso. O que não dá jeito é que seja naquela noite, que o calmante é bem preciso, além de que bacalhau com água só salgada, e mais lá p’ró Norte. Mas como estamos em época de lugares-comuns, Natal é todos os dias...

(Fui ao site. A fatiota não está lá, mas a menina mal servida é a mesma.)

3 Comments:

At 12:32 da tarde, Blogger Pecado Original said...

Sim, ela esta num lugar-comum mesmo à minha porta numa paragem de autocarro.
É original, mas prefiro o avó - pai natal - sou conservadora às minhas or:P

 
At 12:32 da tarde, Blogger Pecado Original said...

* às minhas origens :P

 
At 5:28 da tarde, Blogger Nay said...

vim retribuir a visita e gostei muito, mesmo.
Gosto da tua escrita e dos temas (pelo que estive a ver). Parabens :)
BJ

 

Enviar um comentário

<< Home