2007/05/08

Rescaldo do fim-de-semana

Como também tenho direito à opinião política, à opinião futebolística - ahn? Já tinha falado de política? Não, não leram bem, eu já tinha era falado de futebol – e a encher chouriços de quando em vez, cá vai o rescaldo que faço do fim-de-semana.

Alberto João Jardim teve o segundo melhor resultado de sempre na Madeira. Eu tomei a firme decisão de me demitir do governo regional lá de casa e convocar eleições antecipadas, isto porque o patrão resolveu cortar uma fatia da minha gratificação e assim tenho menos foguetes para queimar no final do ano. Vai-me sair um bocado caro, que terei que pintar a casa e renovar a cozinha, mas a re-eleição é garantida e cheira-me que vou ter aí o segundo melhor resultado de sempre. E sempre posso fazer ver ao patrão que a família não concorda com o corte.

Eusébio disse que Fernando Santos deve continuar a ser o treinador do Benfica na próxima época. Não poderia estar mais de acordo com ele, deve manter-se a estabilidade no comando da equipa – desculpem, disse comando? Eh, pá, distraí-me com a Madeira, queria dizer discurso matemático. Afinal de contas, as substituições só servem para quando um jogador fica magoado e não pode continuar a jogar. Ah, e para calar o Mantorras durante dez minutos.

Nicolas Sarkozy foi eleito presidente da França. Entre o homem do nariz grande que promete elevar o número semanal de carros queimados a níveis nunca vistos e a mulher bonita que prometia conceder um sorriso desconcertante a cada emigrante de segunda geração desempregado, os franceses escolheram o S. João semanal. Mas a coisa ficou muito perto do empate. Em França parece que a qualidade dos políticos não é muito diferente daquela que temos por casa. Ou seja, todos de primeira água, quanto mais não seja para serem mais eficazes a apagar os fogos.

Rui Costa disse que se o Benfica quiser ele joga mais um ano. Espera lá, eu parece-me que ele disse que jogava, mas, pensando melhor, pode ter dito apenas que ficava mais um ano. Afinal de contas é um casamento de sucesso: para ele é muito melhor ver o jogo daquelas cadeiras Recaro ao nível do solo, de onde até pode ouvir os insultos entre os jogadores e a equipa de arbitragem; para o Benfica sempre é uma forma de ter mais meninas nas bancadas. Mais uma vez, o meu voto é para a estabilidade da equipa.

3 Comments:

At 10:37 da manhã, Blogger psique said...

tu é mauzinho ;) deixa la o meu coleguinha quieto

 
At 8:57 da tarde, Blogger maria_arvore said...

Um fim-de-semana cheio de gente da engenharia de mexer um prego para ficar tudo na mesma?;)

 
At 9:31 da manhã, Blogger Ness Xpress said...

Psique, eu só desejo que ele esteja muito quieto... e dentro do campo :D

Maria, como se comprovou até à exaustão recentemente, somos um país de licenciados em engenharia ;)

 

Enviar um comentário

<< Home